Você está aqui:

Produção e distribuição de medicamentos para os municípios

Atualizado em 22/12/2016 às 10:40

Descrição

Atendimento a pedidos, feitos pelas prefeituras de Minas Gerais, de medicamentos do Programa Farmácia de Minas - que subsidia os municípios na organização e implementação da assistência farmacêutica na atenção primária à saúde - e de programas do Ministério da Saúde.

Para ter acesso aos medicamentos e disponibilizá-los nos postos de saúde, as prefeituras devem fazer os pedidos, trimestralmente, à unidade de atendimento. Essas solicitações devem ser feitas junto à coordenação do Programa Farmácia de Minas, na Secretaria de Estado de Saúde de MInas Gerais. A quantidade e o tipo dos medicamentos são definidos pelos próprios municípios.

A unidade de atendimento produz um elenco de medicamentos referente a 16 grupos terapêuticos: antiinflamatórios não esteroidais, antibacterianos, cardiovasculares, antiparasitários, antirretrovirais, antieméticos, imunossupressores, hipoglicemiantes orais, antiácidos, antidepressivos, sedativos hipnóticos, anticonvulsivantes, broncodilatadores, antianêmicos, anti-secretores e analgésicos.

Os medicamentos pedidos são distribuídos via coordenações de programas federais ou Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais, dependendo do caso. São encontrados nas Unidades Básicas de Saúde e Centros de Referência do Sistema Único de Saúde (SUS), em todos os municípios, para distribuição gratuita aos usuários. Para o paciente ter acesso a esses medicamentos, basta se dirigir a um posto de saúde de sua cidade com a receita médica.Mais informações na unidade de atendimento listada abaixo.

Valor

  • Paciente: Gratuito. Município: R$1,00 per capita/ano.
  • Governo do Estado: R$3,00 per capita/ano
  • Governo Federal: R$1,65 per capita/ano

Órgão responsável

Fundação Ezequiel Dias - Funed

Unidades onde o serviço é prestado