Você está aqui:

Adição de categoria

Atualizado em 02/04/2018 às 14:00

Descrição

O condutor habilitado nas categorias B, C, D e E que deseja adicionar a Categoria A ou que tenha a categoria A (motocicleta) e queira adicionar B, deverá solicitar o serviço observando as seguintes informações:

Para adicionar categoria na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), o condutor deverá fazer a solicitação preenchendo o formulário eletrônico disponível no link abaixo, ou pelo Centro de formação de Condutores (CFC), ou na Ciretran da cidade onde reside. Após fazer a solicitação, o interessado deverá emitir o documento de arrecadação estadual (DAE) e fazer o exame médico. As taxas dos exames médico e psicotécnico (quando for necessário este exame), devem ser pagas na clínica, em dinheiro, no dia do exame.

O exame psicotécnico é exigido quando:

  • O condutor exerce atividade remunerada;
  • Existe validade no exame psicológico do condutor que não exerce atividade remunerada. - Quando o psicólogo colocar data de validade na avaliação psicológica do candidato à primeira habilitação por identificar necessidade de novo exame em determinado período de tempo, o candidato será informado. 

Obs.: Em caso de reprovação em algum dos exames, o médico ou o psicólogo deve informar ao interessado o motivo da reprovação.

Requisitos para mudança de categoria (C, D e E):

  • Categoria C: Estar habilitado no mínimo há um ano na categoria B;
  • Categoria D: Ter 21 anos completos, estar habilitado no mínimo há 2 anos na categoria B ou 1 ano na categoria C;
  • Categoria E: Ter 21 anos completos, estar habilitado, no mínimo, há um ano nas categorias C ou D;
  • Não ter cometido nenhuma infração grave ou gravíssima, ou ser reincidente em infrações médias, durante os últimos doze meses;
  • O condutor não pode possuir nenhum bloqueio no prontuário.

Orientações para o serviço:

  • Após ser aprovado nos exames clínicos, o condutor deverá fazer o curso de prática veicular ministrado pelo CFC; 
  • Para adição da categoria A, é necessário fazer no mínimo 15 horas/aula, sendo 3h/aula no período noturno; Para adição de categoria B, é necessário fazer no mínimo 20 horas/aula, sendo 4h/aula no período noturno (Resolução do Contran 493/2014);
  • Após o registro do certificado pelo CFC o exame de direção será marcado e cobrado pelo próprio CFC;
  • Se não for aprovado em qualquer um dos exames, o condutor terá que repeti-lo. A marcação para um novo exame de direção pode ser feita a partir de 2 dias úteis após o exame, mas o prazo para a realização do próximo exame é de no mínimo 15 dias;
  • Sendo aprovado, a nova CNH será entregue no endereço do condutor em até dez dias úteis. O correio realizará três tentativas de entrega e caso não seja atendido a CNH será enviada na capital para a Unidade de Atendimento Integrado (UAI) Praça 7, e no interior será disponibilizado nas unidades de referência na sua localidade (Posto UAI / Delegacias de Trânsito da cidade);
  • Não pode constar para o condutor, nenhum bloqueio no prontuário.

Documentos necessários

  • Documento de Arrecadação Estadual (DAE quitado);
  • Carteira Nacional de Habilitação (CNH);
  • Carteira de identidade atualizada (Original).

Valor

  • Inscrição para Adição de Categoria: R$65,03.
  • Licença de Aprendizagem: R$48,77.
  • Exame de Direção ou Repetência: R$65,03.
  • Exame médico: R$169,28.
  • Exame psicotécnico: R$169,28 / Repetência do exame psicotécnico: R$ 67,71 (Necessário somente para quem exerce atividade remunerada ou tem data de validade na avaliação psicológica).

Órgão responsável

Polícia Civil do Estado de Minas Gerais - PCMG