Tudo
Serviços
Unidades

Instituição


Fernando Damata Pimentel 

Fotografia do Governador Fernando Pimentel

 

Nascido em 31 de março de 1951, no bairro Carlos Prates, em Belo Horizonte, Fernando Pimentel é economista graduado pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Minas Gerais e Mestre em Ciência Política pela Universidade Federal de Minas (UFMG). Foi professor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), vice-presidente da Associação de Professores Universitários de Belo Horizonte, presidente do Conselho Regional de Economia de Minas Gerais (1991-1992) e diretor do Sindicato dos Economistas mineiro.

Aos 17 anos, estudante do Colégio Estadual de Minas Gerais, iniciou-se na militância política por meio dos movimentos estudantis de 1968. Atuando contra a ditadura militar foi perseguido e preso de 1970 a 1973. Com a redemocratização do país e o fim do bipartidarismo, Pimentel ajudou a fundar o Partido dos Trabalhadores (PT), ao qual é filiado até hoje.

Nos anos 1990, atuou na administração municipal de Belo Horizonte, onde exerceu os cargos de secretário da Fazenda, na gestão do então prefeito Patrus Ananias (1993-1996), e de secretário de Governo, Planejamento e Coordenação Geral no primeiro mandato de Célio de Castro (1997-2000). Nesse período, Fernando Pimentel organizou as finanças da capital mineira e se destacou como um dos principais articuladores do "Orçamento Participativo" de Belo Horizonte, o maior programa permanente de obras públicas do país.

Em 2001, tomou posse como vice-prefeito de Célio de Castro e, em novembro do mesmo ano, assumiu, interinamente, o cargo de prefeito de Belo Horizonte em substituição ao titular, licenciado por motivo de saúde. Em 8 de abril de 2003, assumiu, definitivamente, o cargo de prefeito, em razão da aposentadoria de Célio de Castro.

Nas eleições de 2004, com 68,5% dos votos válidos, tornou-se o primeiro prefeito na história da capital mineira eleito no primeiro turno. Governou a cidade de 2005 a 2008. Sua gestão foi marcada por grandes investimentos nas áreas urbana e social. As obras realizadas em seu mandato mudaram o traçado de Belo Horizonte e proporcionaram avanços na qualidade de vida da população. Melhorias no trânsito, urbanização de vilas e favelas, construção de moradias, repaginação da área central da cidade, além de um planejamento de atuação nas áreas de risco geológico, foram iniciativas relevantes no âmbito das políticas urbanas.

Entre as ações de destaque também estão o "Vila Viva", considerado o maior programa de urbanização de vilas e favelas do país, a implementação do Orçamento Participativo Digital a inauguração da milésima obra deste programa de consulta popular sobre as demandas prioritárias para cada região da cidade.

Durante sua gestão na prefeitura de Belo Horizonte, as políticas sociais também ganharam destaque. Ao todo, foram 1,7 milhão de pessoas atendidas pelos programas sociais desenvolvidos pela Prefeitura, o equivalente a 77% da população.

Por sua atuação, foi apontado pelo site inglês Worldmayor como o oitavo melhor prefeito do mundo – era o único da América do Sul na lista dos dez melhores. Encerrou seu mandato de prefeito em Belo Horizonte com índices de aprovação superiores a 90%.

Em janeiro de 2011 assumiu o comando do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, de onde saiu em fevereiro de 2014. Em outubro de 2014, Fernando Pimentel foi eleito Governador do Estado de Minas Gerais para o mandato 2015/2018, com 52,97% dos votos válidos.

O governador Fernando Pimentel é casado com a jornalista Carolina Oliveira e pai de dois filhos.

 

Todos os Direitos Reservados.
Aspectos legais e responsabilidades
Política de Privacidade
MG Cidade Administrativa - Rodovia Prefeito Américo Gianetti, S/Nº
Serra Verde, Belo Horizonte, MG - CEP 31630-901
Tel. 155 - LigMinas